Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘LibreOffice’

Oi pessoALL! tudo bem? estou “meio sumido” devido estar trabalhando em muito projetos e, por isso, acabei tendo pouco tempo para escrever no blog.

Devido alguns problemas de compatibilidade com a suíte de escritório LibreOffice om alguns documento do Micro$oft Office, resolvi experimentar o OpenOffice. Pesquisei um pouco sobre comentários de outras pessoas e resolvi tirar o LibreOffice que é padrão no Linux Mint 13 e instalei o OpenOffice na versão 3.4.1.

A suíte de escritório Apache Openoffice é uma boa opção para uso no lugar da suite office da Microsoft. ela conta com muitos recursos para texto, planilhas, apresentações, desenhos e apossui até um editor de fórmulas matemáticas.

Através do Synaptic (gerenciador de pacotes) a versão disponível é a 3.3.0, mas, como eu gosto muito de ter as versòes mais atuais, eu resolvi baixar direto da página do desenvolvedor: http://www.openoffice.org/download/

Neste link você baixa a versão em português-brasil e abaixo descrevo como proceder para instalar esta versão que é muito simples.

Antes de tudo recomendo que remova o LibreOffice, pois quando tentei instalar o Open junto com o Libre tive alguns problemas e somente o Libre abria. Então com o libre removido….

  1. Reveja os Requisitos de Sistema
  2. Baixe a sua versão favorita de Linux Apache OpenOffice
  3. Comente informações úteis e opções de instalação no Guia de instalação. (este não é um passo obrigatório, pode pular e fazer depois..)
  4. Descompacte a imagem baixada para preparar a instalação.
    O seguinte comando deve funcionar: tar -xvzf "linux package name".tar.gz
    onde “linux nome do pacote” é a parte inicial do arquivo que você acabou de baixar.Isso irá criar um diretório de instalação (pt-BR).
    O nome do diretório de instalação será provavelmente a abreviação do idioma para o conjunto de instalação, por exemplo, en-US.
  5. su para root, se necessário, e navegar para Apache diretório de instalação do OpenOffice (o arquivo descompactado).
    Você provavelmente vai precisar ser root para executar o comando rpm para instalar o software.
  6. cd para os RPMS subdiretório do diretório de instalação.
    Você deverá ver um monte de rpms aqui e um sub-diretório chamado “desktop-integração”.
  7. Instalar esta nova versão, digitando rpm -Uvih *rpm .
    Por padrão, isso irá instalar / atualizar Apache OpenOffice em sua /opt diretório.Alternativamente, você pode usar um pacote de instalação GUI, referência ao diretório de instalação e instalar todos os rpms no nível superior. Isso também pode ajudá-lo na determinação quaisquer problemas de dependência, se existirem.
  8. Instale os recursos de integração de desktop para sua configuração.
    cd para desktop-integration no diretório de instalação,
    e, dependendo do seu gerenciador de pacotes / sistema, instale a interface do desktop apropriado usando RPM.
  9. Finalmente, inicie o Apache OpenOffice 3.4.x para garantir que ele está funcionando.

Com poucos minutos de uso, percebi que o OpenOffice tem um desempenho melhor e abriu as planilhas melo do que o LibreOffice, pelo menos em meu notebook.

OpenOffice 3.4.1

Fica a dica… teste e use por sua conta e faça seu comentário.

Uma abraço!!

Anúncios

Read Full Post »

Oi pessoALL!

Estou usando o Linux MInt agora (isso eu conto depois…. rs), aqui vai uma dica de como remover o OpenOffice e instalar o LibreOffice:

Primeira coisa a fazer é remover o OpenOffice para depois instalar o LibreOffice. Todo processo será feito via terminal:

$ sudo apt-get purge "openoffice*.*"

Insira o PPA com o comando:

$ sudo add-apt-repository ppa:libreoffice/ppa

Atualize os repositórios e instale da seguinte maneira:

$ sudo apt-get update; sudo apt-get install libreoffice -y

Dependendo do gerenciador de janela, faça para GNOME:

$ sudo apt-get install libreoffice-gnome

Para KDE, faça:

$ sudo apt-get install libreoffice-kde

Para mostrar o splash em português do Brasil:

$ sudo apt-get install libreoffice-l10n-pt-br -y

Fonte: http://andregondim.eti.br/2011/01/libreoffice-para-ubuntu-ja-pode-ser-usado-via-ppa/

Read Full Post »